Prevenção, Diagnóstico e Tratamento Renal Especializado.

Oferecemos alta qualidade e profissionalismo no atendimento ao paciente com doença renal.

Dra. Mariana F. Turano

Cuidando da sua Saúde

  • Currículo

    • - Título de Especialista em Nefrologia Sociedade Brasileira de Nefrologia;
    • - Membro Titular da Sociedade Brasileira de Nefrologia;
    • - Membro do Comitê Jovem Nefrologista da Sociedade Brasileira de Nefrologia;
    • - Residência em Nefrologia Hospital Universitário Antônio Pedro;
    • - Residência em Clínica Médica Hospital Guilherme Álvaro;
    • - Graduação Universidade Federal Fluminense;


    • O que é Nefrologia?

 

  • A Nefrologia é a especialidade médica responsável pelo cuidado dos rins. Geralmente temos 2 rins, que são órgãos com o formato de feijão e medem aproximadamente 12 cm cada, localizando-se no abdome. São considerados órgãos vitais, que desempenham inúmeras funções para o equilíbrio e bom funcionamento do nosso organismo, como:

  • 1) função de filtração ou depuração eliminação de toxinas produzidas pelo nosso organismo, como a uréia, ácido úrico, diversos medicamentos;

  • 2) função de eliminar líquidos (água) do nosso organismo e assim, controlar o nosso volume,  pela diurese (urina). Controla, também, o balanço de sais do nosso corpo. Estas duas funções em conjunto, confere aos rins, uma grande influência sobre o controle da pressão arterial;

 

  • 3) os rins produzem hormônios também, como a eritropoietina (que estimula a produção das células vermelhas do sangue pela medula óssea); renina (regula a pressão arterial); vitamina D (importante no balanço do cálcio e do fósforo no nosso organismo).

  • O nefrologista deve ser consultado, quando algum desses sintomas abaixo relacionados, ou sinais de alterações de doenças renais estiverem presentes, ou se tiver familiares com doença renal, hipertensão, diabetes, cálculos e cistos renais, ou quando tiver alguma dúvida sobre esses sintomas e sinais: alteração da miccção (alteração da cor, fluxo, volume, frequência, odor urinários, assim como presença de dor); presença de proteína (espuma), sangue, pus, cilindros, bactérias no exame da urina; presença de inchaço nas pernas e rosto; presença de hipertensão arterial, diabetes melitus, lupus ou outras colagenoses.
  • Na consulta, a história do paciente é detalhadamente registrada, incluindo, além da história atual e prévia, a história alimentar e hábitos do paciente. Se procede, então, ao exame físico completo e as orientações. O detalhamento na consulta nefrológica traz a melhor compreensão e condução do caso de cada paciente.


Agende sua consulta e teremos o maior prazer em esclarecer suas dúvidas.

Cálculo Renal

O cálculo renal é uma massa sólida formada por pequenos cristais, que podem ser encontrados nas vias urinárias. São formados pelos rins e têm diversas causas que devem ser investigadas.

Acompanhamento de pacientes em Diálise

É a alternativa de substituição da função renal, para que o equilíbrio hídrico e metabólico do organismo seja alcançado. Indicada para o estágio mais avançado da doença renal crônica, ou nos pacientes internados, que agudamente têm sua função renal reduzida. Há duas modalidades de diálise: a hemodiálise (em que o sangue passa por um filtro, em uma máquina) e a diálise peritoneal (em que se usa a membrana que recobre os órgãos abdominais- o peritôneo, para filtrar as impurezas do organismo, pelo abdome). O paciente que realiza este tipo de tratamento deve ser bem acompanhado.

 


Hipertensão Arterial

A hipertensão arterial é uma doença silenciosa, que se caracteriza pela elevação da pressão nos vasos sanguíneos, por diferentes causas, de forma silenciosa, que aumenta a chance de acometer o coração, os rins e o cérebro- é a segunda maior causa de Doença Renal Crônica no mundo e a primeira, no Brasil. Importante: os mecanismos de controle pressórico no organismo estão relacionados aos rins.

 

Glomerulopatias

Podem ter origem nos rins e acometer apenas esses órgãos, sendo chamadas de primárias, ou podem ser secundárias a outras doenças, como diabetes, hepatites, doenças autoimunes, dentre outras.

Doença Renal Crônica

1 em cada 10 adultos é portador de Doença Renal Crônica. É uma doença silenciosa, que, atualmente, tem como causas principais, o diabetes melitus, a hipertensão arterial, obesidade, doenças glomerulares, uso de medicações nefrotóxicas, dentre outras. É progressiva, irreversível e os sintomas surgem nas fases mais avançadas. Daí, a importância do diagnóstico precoce e o acompanhamento regular.

 

Nefropatia Diabética

É uma alteração nos vasos sanguíneos dos rins, que leva à perda de proteína na urina nos diabéticos e reduz lentamente a função dos rins. É a principal causa de Doença Renal Crônica no mundo.

Contato

Agende sua consulta.

Atendemos apenas consultas particulares e emitimos recibo para reembolso junto ao convênio.

  • Americas Medical City
    Av. Jorge Curi, 550 Bloco A sala 118/119 Barra da Tijuca - RJ
  • (21) 2430-9050
    (21) 3444-5518
  • mariana.turano@gmail.com

 

Deixe sua mensagem, dúvida ou sugestão